Aceda à área de sócios

Chocolate ou alfarroba?

Fique a conhecer as diferenças nutritivas destes alimentos tão parecidos.

  • 7
  • JUL

No dia 7 de julho comemora-se o Dia Mundial do Chocolate

Recomendamos-lhe duas receitas saudáveis destes alimentos tão deliciosos.

O chocolate é um alimento muito atrativo capaz de criar adição e cujo problema principal é o facto de ter um elevado grau calórico. Se comermos chocolate, é aconselhável que seja pelo menos 80% puro. Por outro lado, temos a alfarroba que devido às suas características organolépticas, muito parecidas com o chocolate, se utiliza como substituto deste último, sobretudo por motivos de intolerância a este alimento ou em dietas hipocalóricas.

A nossa equipa de nutrição deslinda os benefícios de cada um destes alimentos e sugere-lhe receitas maravilhosas de lamber os dedos. Tome nota e ponha em prática estes conhecimentos culinários!

Benefícios do chocolate:

Previne doenças do coração, diminui a pressão arterial, reforça o estado de ânimo, reduz os acidentes cardiovasculares, é rico em magnésio, rico em antioxidantes que ajudam a prevenir o envelhecimento, ajuda no fortalecimento muscular e fornece-nos energia constante, o que favorece a atividade física de uma forma mais contínua.

  • GELADO DE CHOCOLATE VEGETARIANO

Ingredientes para 2 pessoas:

  • 500 ml de bebida de aveia sem glúten com sabor a chocolate, 1 colher de ágar, 60 gramas de cacau isento de gordura, xarope de chocolate zero calorias e 1 iogurte de soja.

Passos para a preparação:

  1. Misturar todos os ingredientes, exceto o xarope, num tacho, quando começar a ferver baixar o lume e mexer durante 5 minutos para que fique tudo bem dissolvido.
  2. Antes de desligar o lume, adicionar o xarope e mexer um pouco antes de tirar do lume.
  3. Deixar arrefecer e verter para um recipiente que possa ir ao congelador e tenha tampa.
  4. Aguardar 12 horas e está ponto a servir.

 

Benefícios da alfarroba:

A primeira diferença em relação ao chocolate é que a alfarroba é alcanizante e o chocolate acidificante. Outra diferença é que a alfarroba não contém cafeína, nem ácido oxálico (um composto que impede a absorção de cálcio e ferro), mas a grande diferença é sobretudo o facto de que o chocolate é rico em gorduras e açúcares e é muito mais calórico do que a alfarroba, que é mais natural e menos manipulada.

Além disso, a alfarroba é rica em ferro, cálcio, magnésio, fósforo, vitaminas do grupo B, fibra e betacarotenos. Tem também um baixo teor de sódio e é rica em potássio, pelo que o seu consumo pode ser benéfico para as pessoas que sofrem de retenção de líquidos.

  • PUDIM DE ALFARROBA

Ingredientes para 2 pessoas:

  • ½ de farinha de alfarroba, uma taça de fécula de milho, 1 litro de bebida de soja, gotas de baunilha natural, 3 colheres de mel, água (quantidade necessária)

Passos para a preparação:

  1. Num tacho colocar a bebida de soja com a essência de baunilha natural e levar ao lume até ferver.
  2. À parte, dissolver a farinha de alfarroba e a fécula de milho com água e juntar à preparação anterior.
  3. Cozinhar uns minutos em lume brando sem parar de mexer para evitar grumos.
  4. Retirar do lume e adoçar com o mel.
  5. Distribuir por formas individuais ou colocar numa forma para pudim. Servir frio.
Publicado por:
  • Comer Bem
  • Nutrição
  • receitas
Relacionadas

Error