Aceda à área de sócios

Cogumelos: conselhos e receitas

Continue a ler e descubra receitas deliciosas com as quais pode aproveitar ao máximo a época de cogumelos.

  • 19
  • OUT

Torne-se apanhador de cogumelos este outono com o GO fit

Lembramos-lhe algumas regras básicas da apanha de cogumelos e deixamos umas deliciosas receitas concebidas pela nossa equipa de nutrição. Não perca a oportunidade!

Queremos que este outono ceda à tentação de sair de casa e voltar carregado de cogumelos. Mas, atenção! Existe o risco de intoxicação se não escolhermos as espécies adequadas. Tenha sempre presente estas regras básicas e… toca a desfrutar!

 

O que levar? Equipamento básico do apanhador de cogumelos:

  • Cesta de vime para recolher os cogumelos, se possível, com vários compartimentos para separar uns fungos de outros. Os sacos de plástico não são aconselháveis porque aceleram o processo de fermentação.
  • Uma faca ou uma navalha. A forma de apanhar o cogumelo depende da espécie, mas, em geral, o melhor é cortar o cogumelo pela base ao nível do solo.
  • Inclua no seu kit básico um guia com as características e (muito importante) fotografias de cogumelos comestíveis.
  • Uma escova para limpar o solo e as impurezas depositadas sobre os cogumelos.
  • Uma lupa. Torna-se útil para reconhecer as características particulares de cada espécie.
  • Gabardina e botas impermeáveis.
  • Telemóvel ou bússola. Nesta época do ano, o tempo é muito variável e não é raro haver nevoeiro e chuva que nos desorientam na floresta.

 

O que fazer? Regras práticas para a apanha:

  • Não apanhar o cogumelo se não o reconhecermos. Se o reconhecermos, mas não estivermos completamente seguros de que espécie se trata, não consumi-lo.
  • Não permitir que as crianças apanhem cogumelos para consumir.
  • O consumo de álcool deve ser limitado quando se consumir novos cogumelos selvagens, já que algumas espécies, como o Coprinus Atramentarius, podem provocar uma reação adversa.
  • Os cogumelos que crescem junto às estradas, jardins públicos, fundições, minas, aeroportos… costumam conter metais pesados como chumbo, mercúrio e cádmio. Desse modo, devem ser evitados já que podem ser tóxicos (a lavagem dos mesmos não elimina a sua toxicidade).
  • Não apanhar cogumelos deteriorados ou imaturos, pois os deteriorados não terão as qualidades culinárias que procuramos e os imaturos devem crescer no seu habitat para poder completar o ciclo da vida e perpetuar a espécie.
  • Não se deve apanhar todos os cogumelos do mesmo sítio. Devem ficar exemplares suficientes para que possam espalhar os seus esporos.
  • Apanhar exclusivamente o que se vai consumir. Esta recomendação tem uma razão ecológica, mas também prática. Os cogumelos são alimentos perecíveis, as suas propriedades esgotam-se, ainda que alguns possam ser congelados.
  • Não utilizar um ancinho nem escavar no solo. Isso destrói o micélio do fungo e impede que voltem a sair cogumelos.

 

  • RECEITA DE COGUMELOS RECHEADOS DE QUEIJO DE CABRA E NOZ

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 12 cogumelos, 2 colheres de sopa de azeite, 1 barra de queijo de cabra desfeito, ½ noz esmagada, 3 colheres de sopa de salsa picada e ¼ de tigela de pesto.

Passos para a preparação:

  1. Tirar o pé dos cogumelos e untar os cogumelos com azeite.
  2. Misturar o queijo de cabra com a noz e a salsa. Rechear os cogumelos com a mistura de queijo e cozê-los no forno a 180º durante 20 minutos.
  3. Terminar com o pesto e servir.

 

  • RECEITA DE LASANHA DE COGUMELOS

Ingredientes para 2 pessoas:

  • Para o recheio: 4 placas de massa, 300 g de cogumelos variados, 1 cebola, 1 pingo de vinho branco, queijo para gratinar, azeite e sal.
  • Para o molho bechamel: 200 ml de leite, 20 g de farinha, 10 g de manteiga, noz moscada, pimenta preta e sal.

Passos para a preparação:

  1. Cozer as placas de massa numa panela com água e sal durante o tempo indicado pelo fabricante. Escorrer e reservar.
  2. Numa frigideira com um pouco de azeite, refogar a cebola finamente picada. Juntar os cogumelos limpos e cortados aos pedaços. Saltear durante um par de minutos. Verter o vinho, deixar evaporar o álcool e temperar se necessário.
  3. Colocar a manteiga numa panela e, quando estiver derretida, juntar a farinha até dourar. Verter o leite quente pouco a pouco e, sem deixar de mexer, cozer durante 10 minutos até engrossar. Adicionar sal, pimenta e noz moscada a gosto.
  4. Para montar a lasanha, colocar, no fundo de uma travessa de ir ao forno, um pouco de molho bechamel e, em cima, uma placa de massa, um pouco de bechamel e recheio. Repita a mesma operação até chegar quase ao bordo da travessa.
  5. Terminar a última camada cobrindo a lasanha com molho bechamel e polvilhando queijo ralado para gratinar. Cozer no forno durante 30 minutos.

 

No GO fit, sabemos que uma correta nutrição, aliada à prática de exercício físico programado e a um descanso adequado, vai permitir-lhe viver mais e melhor. Atreve-se a melhorar connosco?

Publicado por:
  • dieta
  • nutricionista

Error