Aceda à área de sócios

Dê ao seu corpo os vegetais de que necessita

Descobrimos todos os benefícios para si.

  • 12
  • SET

Tudo o que precisa de saber sobre os vegetais

10 razões para os consumir e dar ao seu corpo os nutrientes de que necessita.

A ingestão de vegetais está diretamente relacionada com um menor risco de padecer de doenças crónicas. Para desfrutar de todos os seus benefícios, precisamos de consumir uma variedade importante deles e escolhê-los consoante a estação do ano. Algumas características deste grupo de alimentos são:

  • Um baixo teor calórico. A maioria não excede as 50 kcal/100 g.
  • Elevada percentagem de água. Normalmente, entre 80-90%.
  • Carecem de gordura.
  • Quantidades baixas de hidratos de carbono. 
  • Entre 1-2,5% de fibra.
  • O seu valor nutricional é determinado pela quantidade de vitaminas (C, ácido fólico, A, K, E) e minerais que contêm (cálcio, potássio ou ferro).
  • Contêm fitonutrientes.

Entre os seus benefícios, destacam-se:

  1. Aliados para manter um peso saudável.

São excelentes agentes contra o excesso de peso e a obesidade pelo seu escasso teor em calorias e pela grande quantidade de água e fibra. Produzem uma sensação de saciedade. Além disso, são fitonutrientes, moléculas benéficas presentes em vegetais, favorecem um menor crescimento do tecido gordo do corpo.

 

  1. Potentes anti-inflamatórios e antioxidantes.

Pelos seus diferentes tipos de fitonutrientes, pigmentos, vitaminas e minerais, demonstrou-se que reduzem o estado oxidativo e inflamatório das células corporais.

 

  1. Benéficos para o pensamento e a memória.

Contribuem para a nossa saúde mental, melhoram a função cognitiva e, além disso, previnem o aparecimento de certas doenças como Alzheimer.

 

  1. Melhoram o aproveitamento de nutrientes da sua alimentação.

A fibra dos vegetais aumenta de volume durante a digestão. Isto faz com que a velocidade de passagem dos alimentos pelo sistema digestivo seja mais lenta, favorecendo, assim, uma absorção de nutrientes mais gradual e completa.

 

  1. Cuidam do nosso sistema cardiovascular.

Pelo seu teor em magnésio, potássio, vitamina A, C, K e fitonutrientes, regulam de maneira positiva a tensão arterial, o colesterol e os triglicéridos.

 

  1. Reguladores do metabolismo.

Os micronutrientes dos vegetais regulam, melhoram e aceleram o nosso metabolismo. Sem estas moléculas, vários processos do organismo não se poderiam realizar.

 

  1. Cuidam da sua pele.

Os vegetais hidratam-nos, proporcionam-nos uma defesa antioxidante contra as agressões externas que a pele sofre e ajudam-nos a eliminar as toxinas, graças à sua capacidade diurética. Tomando-os regularmente, a nossa pele mantém-se hidratada e jovem durante mais tempo.

 

  1. Previnem a osteoporose.

Há vegetais indispensáveis para manter uma saúde óssea ótima, tais como espinafres, brócolos, acelgas ou pimentos. Além disso, a fibra que contêm favorece a absorção de cálcio e melhora, assim, a formação de osso, pelo abrandamento da digestão que produz.

 

  1. Contribuem para a nossa saúde intestinal.

Previnem a obstipação e cuidam da nossa flora intestinal atuando como pré-bióticos. Os pré-bióticos são substâncias dos vegetais como espargos, alcachofras, cebola, alho, que favorecem o crescimento e a atividade de bactérias intestinais benéficas.

 

  1. Diminuem o risco de padecer de doenças graves.

Devido a todas as vantagens deste grupo de alimentos, as investigações sugerem que um maior consumo de verduras e alimentos vegetais em geral representa uma diminuição do risco de padecer de inúmeros tipos de cancro.

Os profissionais recomendam consumir 7 ou mais porções de vegetais por dia para manter o nosso organismo num ótimo estado nutricional. Por isso, incentivamo-lo a provar variedades que nunca comeu e a fazer diferentes combinações como esta receita:

 Musaka de vegetais

Ingredientes para duas pessoas:

  • 2 beringelas grandes; 1 curgete grande; 6 cenouras; 6 colheres de tomate triturado; soja texturizada; cebola doce.
  • Azeite virgem extra, sal, orégão, tomilho.

Confeção

  • Hidratamos previamente a soja texturizada e temperamo-la a gosto para lhe dar sabor.
  • Cortamos as beringelas e a curgete em lâminas. 
  • Picamos a cebola e a cenoura. Salteamo-las na frigideira com óleo e sal. Depois, misturamos com o tomate triturado e a soja texturizada (hidratada). Podemos usar diferentes especiarias: orégão, tomilho, manjericão…
  • Por outro lado, douramos noutra frigideira as beringelas e a curgete.
  • Colocamos as camadas da nossa musaka no recipiente de forno, com um pouco de óleo no fundo. Primeiro, curgete, beringela, a mistura de verduras com a soja e repetimos o processo até acabarmos as verduras.
  • Levamos ao forno durante 20 minutos a 180⁰ C e... bom proveito!

 

Os vegetais ajudam-no a viver mais e melhor! Pratique GO fit!

Publicado por:
  • dieta
  • Nutrição
  • Saúde
Relacionadas

Error