Aceda à área de sócios

Doenças graves afastadas graças à alimentação

Estes são os melhores alimentos para proteger o seu organismo.

  • 3
  • FEV

Nem imagina como a pizza pode ser saudável

Os nossos especialistas elaboraram uma lista de super alimentos que não podem faltar na sua dieta.

As conclusões de um estudo realizado pela Associação Espanhola Contra o Cancro estimam que cerca de 32.000 mortas por ano atribuídas a esta doença são causadas por uma combinação de dieta inadequada e sedentarismo. No entanto, e embora o perigo não seja erradicado, os últimos estudos epidemiológicos confirmam que é possível conceber uma dieta com o objetivo de reduzir o risco de sofrer doenças graves como o cancro.

Nesse sentido, é importante que a nossa alimentação seja rica em nutrientes como o selénio e a vitamina C e outros compostos que contêm vários dos melhores alimentos “anticancerígenos”. Segue-se uma lista de super alimentos que o ajudarão a prevenir doenças graves, enquanto desfruta de uma dieta variada, rica e muito saudável:

  • MIRTILOS

Esta fruta detém a multiplicação das células cancerígenas e ajuda a minimizar os efeitos da radioterapia.

  • ROMÃ

Diminui a incidência de tumores malignos nas mulheres devido ao facto de conter inibidores naturais de uma enzima chamada “aromatase”.

  • TANGERINA

Um estudo japonês revela que tomar uma tangerina diariamente previne o desenvolvimento de tumores hepáticos devido ao seu alto teor de carotenoides.

  • CHÁ VERDE

Contém um antioxidante chamado catequina que inibe a enzima de que os tumores necessitam para se reproduzirem, sem afetar as células saudáveis.

O chá verde, em particular, contém uma maior quantidade de substâncias antioxidantes por ser menos processado. Convém, não obstante, ter em conta a recomendação de não o consumir muito quente.

  • TOMATE

O licopeno (pigmento que lhe dá essa cor vermelha tão característica) protege as mulheres do cancro da mama e os homens do cancro da próstata.

 

 

  • AZEITE

O oleocantal, substância contida no azeite virgem extra, é um verdadeiro aliado contra as células cancerígenas. Não se esqueça do “ouro líquido” para cozinhar ou temperar as suas saladas!

  • ALGAS

As algas contêm moléculas bioativas que evitam o excesso de radicais livres. O wakame, nori, kombu… são também importantes porque impedem que as células más se multipliquem e se dispersem.

  • BRÓCOLOS

Os crucíferos (dentro dos quais também se encontram a couve lombarda, o repolho e a couve-flor) são alimentos que se devem incluir numa hipotética dieta “anticancerígena”. Em concreto, os brócolos contêm uma maior concentração de sulforafano, um componente que fortalece e incrementa o poder de produção das enzimas que eliminam e limpam o nosso corpo das toxinas e químicos cancerígenos que entram no nosso sistema.

Além disso, um estudo confirma que a ingestão diária de 80 gramas de brócolos protege o estômago contra a Helicobacter pylori, uma bactéria que causa úlceras.

  • RUIBARBO

Os seus talos, cozidos durante 20 minutos, são um aliado eficaz para travar o crescimento em doentes com leucemia.

  • CANELA

Contém uma substância com propriedades que ajudam as células a superar os danos sofridos por substâncias cancerígenas.

  • PISTÁCIOS

Ajudam a proteger contra o cancro do pulmão graças ao seu teor de vitamina E, segunda afirma um estudo realizado por cientistas da Universidade do Texas. 50-60 gramas de pistácios por dia seria uma quantidade recomendável.

  • GENGIBRE

Esta raiz tem excelentes propriedades já que o seu consumo consegue provocar a morte das células cancerígenas (apoptose) no nosso corpo. Em estudos realizados pela Universidade da Georgia, o consumo do extrato da raiz de gengibre conseguiu reduzir o tumor da próstata até 56% em experiências realizadas com ratos.

  • PIZZA

Por esta não esperava! Comer pizza de vez em quando também não lhe fará mal, sobretudo se tiver tomate, cujas propriedades já comentámos acima. Não obstante, o ingrediente estrela da pizza é o orégão, que tem um alto teor de carvacol, uma substância que induz as células más a autodestruírem-se.

Não se esqueça de que uma boa nutrição, o exercício físico programado e um descanso suficiente são a chave para que viva mais e melhor. Obrigado por confiar no GO fit para o ajudar!

Publicado por:
  • Nutrição
  • Saúde
Relacionadas

Error