Aceda à área de sócios

Dicas para prevenir a diabetes

Siga estes conselhos e mantenha a diabetes longe

  • 12
  • NOV

Dicas para prevenir a diabetes

Siga estes conselhos e mantenha a diabetes longe

Há vários fatores de risco que influenciam o desenvolvimento da diabetes. Alguns deles não são modificáveis, como a idade, os antecedentes familiares ou a etnia; e outros que podemos controlar e que estão relacionados com o nosso estilo de vida: exercício físico, alimentação e hábitos diários.  

Recomendações nutricionais para diabéticos:

1. Atingir e manter um peso saudável. É o primeiro passo para um bom controlo da diabetes. Para isso, deve ter em conta o tamanho dos seus pratos e porções, escolher alimentos minimamente processados e preferencialmente da estação. 

2. Aprender a reconhecer os hidratos de carbono. É útil saber identificar que alimentos contêm hidratos de carbono e de que tipo. Um alimento com hidratos de carbono simples elevará a glicose sanguínea mais rapidamente do que outro com hidratos de carbono complexos, tais como a fibra. Os alimentos ricos em hidratos de carbono são: tubérculos, frutas, lácteas, legumes, cereais, massas e arrozes integrais.

3. Escolher pratos saciantes. O teor em fibra e proteína dos nossos pratos é importante, pois ambos são nutrientes saciantes, ou seja, provocarão um menor pico de açúcar no sangue e atrasarão o aparecimento de fome. Exemplo: legumes com verduras.

4. Ter em conta o exercício físico. É necessário prestar atenção às ingestões próximas da realização de exercício físico e manter um controlo da medicação, se a houver. Ao fazer exercício, gastamos glicose, pelo que será necessário ajustar o que ingerimos tanto antes como depois e, desta forma, não chegar a uma quebra drástica de açúcar (hipoglicemia). 

 A refeição anterior à prática de exercício deve incluir alimentos ricos em hidratos de carbono juntamente com uma porção de alimentos proteicos. Depois do exercício, o objetivo é recuperar as reservas energéticas rapidamente, para isso, podemos usar alimentos como os frutos secos.

5. Ingerir frutas e verduras suficientes. A fruta é mais baixa em hidratos de carbono do que muitos outros alimentos pouco saudáveis. A fruta inteira é uma melhor opção do que um sumo natural. Mas, se existir um nível muito baixo de açúcar no sangue, seria uma boa opção para o subir rapidamente. Quanto às verduras, a maioria delas contém fibra e água, por isso, saciam-nos e aportam vitaminas e antioxidantes.

6. Consumir alimentos com gorduras saudáveis. Encontramo-las nestas fontes: azeite virgem extra, frutos secos e sementes, peixes azuis e abacate. Graças a eles, prevenimos a subida do colesterol sanguíneo e os triglicéridos.

7. Limitar alimentos ricos em açúcares simples adicionados, gorduras não saudáveis e sal. Tais como doces, pastéis, bolos, sumos industriais e caseiros, bebidas energéticas e bebidas açucaradas em geral.

8. Evitar comer a toda a hora. Comer constantemente pode causar um descontrolo nos níveis de glicose sanguínea, além de poder produzir um aumento de peso. 

9. Saber ler as etiquetas dos alimentos. Devemos prestar atenção à lista de ingredientes e a mensagens tais como “sem adição de açúcar", isto quer dizer que pode conter açúcares naturais.

10. Consultar um profissional de saúde. Cada pessoa tem um controlo diferente da diabetes e preferências diferentes. Para conseguir um melhor controlo desta condição, é importante recorrer a um profissional.

 Abaixo, deixamos-lhe alguns snacks que pode usar como lanche ou pequeno-almoço:

  • Porridge express de pêra com avelãs.
  • Tosta integral de centeio com queijo Cottage e abacate.

 

Consumindo alimentos saudáveis dos diferentes grupos, controlando as quantidades, fazendo exercício e descansando bem, evitará o aparecimento de futuras complicações e poderá viver mais e melhor!

Publicado por:
  • Comer Bem
  • Nutrição
Relacionadas

Error