Aceda à área de sócios

Que a sua digestão não lhe pese!

Segredos para ter uma digestão mais leve.

  • 9
  • ABR

Melhore a sua digestão com estas dicas

Alimentos que o ajudam a melhorar a sua digestão.

A nossa equipa de nutrição dá-lhe 4 dicas para que a sua digestão seja o mais leve possível, conseguindo que evite os gases e o inchaço. Tome nota!

  • Comer depressa, quase sem mastigar ou comer demasiada fibra, são hábitos diretamente relacionados com as más digestões e a produção de gás.
  • O excesso de fibra. A introdução de uma maior ingestão de fibra deve ser feita de uma forma paulatina, para que a flora intestinal se adapte e não acabe por originar inchaço abdominal. Por exemplo, os legumes, que são alimentos muito ricos em fibra, costumam originar digestões pesadas e gases incómodos. Para minimizar estes efeitos, é recomendável cozinhá-los com funcho, cominho ou anis. Também pode fazê-los com dupla cozedura ou comê-los em puré.
  • Evite os antiácidos. Inibem uma correta acidez do estômago, muito necessária para a digestão em geral e especialmente para digerir as proteínas.
  • Evite os adoçantes. O açúcar branco, mascavado, mel, xarope de agave, aspartamo ou sacarina alteram a flora intestinal, pelo que convém evitá-los na medida do possível.

Além disso, tome nota destes alimentos que o ajudarão a melhorar a sua digestão e equilibrar a flora intestinal.

  1. O gengibre. Esta raiz estimula a função digestiva se for ingerida ao início da refeição. Além disso, previne alterações da flora intestinal e mantém o seu equilíbrio.
  1. Plantas carminativas como o funcho, cominho, anis e a menta fresca aliviam o excesso de cólicas e favorecem a expulsão de gases. Com elas pode cozinhar legumes ou tomar como infusão antes ou depois de comer.
  1. Ameixa umeboshi. Esta fruta provoca uma acidez que faz com que segregue mais saliva. A saliva contém enzimas que ajudam a digerir os hidratos de carbono. Recomenda-se tomar um pedaço por dia antes da refeição.
  1. Ananás e papaia. Estas frutas contêm enzimas digestivas (bromalina e papaína) que ajudam a digerir as proteínas. Em relação às frutas, se tiver muitos gases, coma-as maduras e, melhor ainda, descascadas.
  1. Escarola. A sua amargura ajuda à descarga da bílis, necessária para uma boa digestão das gorduras.
  1. Vinagre de maçã. Contém ácidos orgânicos que facilitam a formação de ácido clorídrico e favorece uma boa digestão.
  1. Germinados de feno-greco. Convém consumir um punhado pequeno por dia, sempre cru. Os germinados, em geral, são ricos em enzimas que favorecem a digestão e os de feno-greco são especiais para as cólicas.
  1. Quefir. São microorganismos que mantêm o equilíbrio das bactérias, combatendo os patógenos que provocam inflamação da mucosa de estômago e contém probióticos. Se notou que, quando consome lácteos, o seu abdómen incha, diminua um pouco o seu consumo. Mas lembre-se que os iogurtes com bífidos são muito saudáveis para a nossa flora e para melhorar o trânsito intestinal.

Começar a refeição com um caldo quente é uma fantástica opção, pois favorece a digestão. Além disso, pode-se juntar vinagre de maçã, chucrute ou sumo de limão, para aumentar a ação dos sucos gástricos.

No GO fit, queremos que aprenda a ouvir o seu corpo. Viva mais e melhor!

Publicado por:
  • Comer Bem
  • dieta
  • Nutrição
Relacionadas

Error