Aceda à área de sócios
Escolher centro GO fit

Conhece os melhores alimentos da estação do Outono?

Saiba mais sobre os benefícios dos alimentos deste Outono

  • 15
  • SET

Batata doce, castanhas ou romãs. A comida do Outono está aqui!

Nova estação, novos alimentos ricos com grandes benefícios para a saúde.

No Outono os dias tornam-se mais frios, nublados e chuvosos, mas aumenta também a disponibilidade de alguns alimentos. De seguida deixamos-lhe 4 alimentos de outono que pelas suas características nutricionais não pode deixar de incluir na sua alimentação:

  • Romã: A Espanha é um dos maiores produtores mundiais de romã, e em Portugal, a produção de romã concentra-se essencialmente na região do Algarve.

            A romã é um fruto que apresenta uma elevada resistência ao transporte, para além de se manter em boas condições durante meses, se for armazenada a baixas temperaturas (Entre 0ºC e 5ºC).

            Em termos nutricionais a romã é rica em antioxidantes, responsáveis por ajudar na prevenção de alguns tipos de cancros e na proteção para a saúde cardiovascular. Para além disso, a aromã apresenta baixo valor energético (apenas 50 kcal por cada 100g de parte edível).

  • Dióspiro: A Espanha é também um dos maiores produtores mundiais de dióspiro, e em Portugal a maioria dos dióspiros é proveniente de árvores dispersas espalhadas por todo o país, essencialmente em Outubro e Novembro.

            Existem 2 tipos de dióspiros: Os adstringentes (também conhecidos como dióspiros moles e que se comem à colher, e mais ricos em antioxidantes) e os não adstringentes (também conhecidos como dióspiros de roer). Enquanto que os primeiros precisam de estar totalmente maduros para serem consumidos (caso contrário os taninos – antioxidantes - presentes no fruto deixam uma sensação áspera e desagradável na boca), os segundos podem ser consumidos de imediato após a colheita.

            O dióspiro é também rico em fibra, mas também em açúcares (cerca de 15g de açúcar por cada 100g), pelo que devem ser consumidos com moderação.

  • Batata doce: As maiorias das colheitas de batata doce ocorrem entre setembro e novembro, pelo que esta é a melhor altura para o seu consumo.

            Ao nível de variedade, a batata doce pode ser branca, roxa, amarela ou laranja.

            A nível nutricional, apesar de a batata doce ter um valor energético superior ao da batata comum, ela é rica em fibras e hidratos de carbono complexos, razão pela qual promove um aumento de saciedade. É ainda rica em vitamina A, tendo benefícios ao nível da visão e na proteção contra os raios UV na pele. Para além disso, é também rica em vitamina C, ferro e magnésio, pelo que é um substituto saudável da batata, do arroz e da massa, podendo ser consumida cozida ou assada sem necessidade de gorduras adicionadas.

  • Castanha: Outono é também sinónimo de castanhas assadas.

A nível nutricional a castanha distingue-se dos frutos secos oleaginosos (Ex: amendoins, nozes, cajus…) por ter menos gordura e distingue-se também da fruta fresca por ter mais hidratos de carbono de absorção lenta e menos açúcares. Para além disso, a castanha é rica em fibra, ajudando na regulação do trânsito intestinal e aumento da saciedade, e rica em vitamina C, vitamina B6, ácido fólico e ferro, pelo que também é um susbituto saudável da batata, arroz e massa.

Publicado por:

Error

COOKIES

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para analisar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada a suas preferências com base em um perfil baseado em seus hábitos navegação (por exemplo, páginas visitadas). Mais informação

ACEITAR COOKIES REJEITAR COOKIES