Aceda à área de sócios
Escolher centro GO fit

As chaves para fazer uma compra inteligente

Aprenda a escolher os melhores alimentos para encher o seu frigorífico durante a quarentena

  • 1
  • ABR

A lista de compras mais saudável.

Escolha apenas os alimentos que você precisa, e acima de tudo, que sejam saudáveis.

A relação entre a doença por SARS-CoV-2 (COVID-19) e a alimentação ainda carece de alguma investigação científica. Segundo a Direção-Geral da Saúde, “um estado nutricional e de hidratação adequados contribuem, de um modo geral, para um sistema imunitário otimizado e para uma melhor recuperação dos indivíduos em situação de doença”.

As medidas adotadas para a prevenção da propagação da COVID-19, nomeadamente o isolamento preventivo (profilático), podem contribuir para diversas alterações no padrão de compra e de consumo de alimentos. Durante este período, é fundamental otimizar as idas ao supermercado para evitar deslocações frequentes e garantir a disponibilidade de alimentos que assegurem as necessidades nutricionais por um período mais longo. Porém, é necessário ter um comportamento de compra responsável, nas quantidades adequadas e sem exageros, para permitir uma boa gestão de stocks por parte dos supermercados. O açambarcamento de produtos alimentares pode ser um estímulo ao consumo alimentar excessivo e de má qualidade nutricional num período em que estão presentes outros fatores de risco, como o sedentarismo e o stress emocional.

Antes de ir às compras é essencial fazer um planeamento adequado, nomeadamente através de uma lista de compras organizada. Para isso, deve confirmar os alimentos que ainda tem disponíveis em casa, verificar a capacidade de armazenamento à temperatura de refrigeração e congelação e planear as diferentes refeições. No momento da compra, deve verificar e cumprir a lista de compras, optar por alimentos que tenham um prazo de validade mais longo, preferir alimentos de elevado valor nutricional, assegurar a compra de produtos frescos e tomar todas as precauções para minimizar o risco de infeção para si e para os outros (cumprir as distâncias de segurança, evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos, higienizar as mãos antes e depois da ida às compras e adotar as medidas gerais de etiqueta respiratória).

A escolha dos alimentos de cada um dos grupos deve ter em consideração a capacidade de armazenamento e as preferências pessoais:

- cereais e derivados e tubérculos – cereais de pequeno-almoço (cereais sem adição de açúcar ou flocos de aveia) e pão;

- hortícolas (cenoura, cebola, curgete, abóbora, brócolos, couve-flor, feijão-verde e outros hortícolas congelados) e fruta (maçã, pera, laranja e tangerina);

- carne, pescado e ovos – ovos, conservas de pescado, pescado congelado, pescado fresco, carne fresca e carne congelada;

- leguminosas (conservas ou secas);

- laticínios (leite, iogurte e queijo);

- frutos oleaginosos (nozes, amêndoas, cajus e avelãs);

- outros (café e compotas sem adição de açúcar).

A água da rede pública é adequada para consumo e, por isso, pode ser um produto a economizar neste carrinho de compras.

Por fim, é igualmente importante manter um estilo de vida saudável, nomeadamente uma alimentação saudável, hidratação adequada, atividade física e horas adequadas de sono.

Publicado por:

Error

COOKIES

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para analisar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada a suas preferências com base em um perfil baseado em seus hábitos navegação (por exemplo, páginas visitadas). Mais informação

ACEITAR COOKIES REJEITAR COOKIES